Você se sente "uma coisa" em sua relação?

27 janeiro, 2019

Você se sente "uma coisa" em sua relação?


Olá mexs queridxs leitorxs! Tudo bem? Você já se relacionou ou teve contato com alguém que te tratou como se fosse objeto ou algo tipo? Que não te enxergou como um ser humano? Que desdenhou de seus sentimentos, necessidades e desejos? Se sua resposta foi afirmativa, é bem provável que você esteja diante de uma pessoa abusiva.

Como comentando no texto anterior, as pessoas abusivas costumam anular e sufocar as necessidades, vontades e desejos do seu par. Além de ser uma forma de controle e de exercício de poder, elas costumam ser menos afeitas a vê-los como um ser humano vivo com suas demandas físicas e psicológicas. Na realidade, os abusadores a enxergam como um objeto, uma posse e um território que precisa ser controlado e manejado para satisfação de seus desejos e necessidades. Este é o processo de coisificação.

A coisificação é algo facilmente identificado em relacionamentos abusivos. E ele será o disparador de comportamentos e atitudes que te fazem se sentir qualquer coisa, menos um ser humano. No entanto, para que esta engrenagem da coisificação se movimente, as pessoas abusivas costumam escolher a dedo com quem vai se relacionar. A escolha incide em parceiros ou parceiras que desejam agradar. E, com isso, possivelmente, estas pessoas costumam concordar com qualquer solicitação do par. Assim, ficará mais se submeter tanto ao processo de coisificação, como de controle.

Nesta relação, as pessoas abusivas  deformam as situações e costumam falar para o seu par que ele( ela) teve sorte em encontrá-la(o) e que deveria agradecer por ele (ela) ainda a quer. Usará de comentários e argumentos para que você se sinta mal e assim, te leva a agir e  a se comportar da maneira que ele quer. Nesta relação, você se sentirá que está perdendo a noção de quem é realmente. Afinal, a pessoa abusiva anulou suas particularidades enquanto ser humano.



De acordo  com Avery Neal, autora do livro “Relações Destrutivas”, a relação sexual é uma área que reflete este processo de coisificação. Assim, as mulheres costumam descrever o sexo da seguinte forma: vazio, como se o seu parceiro (sua parceira) não o visse, agressivo como se estivesse com raiva de você, os interesses dele é o que importam, o seu prazer não é importante, fica transtornado se você não faz o que ele quer e , por fim, age o tempo todo como se não gostasse de você, até te procurar para uma relação sexual.

Este retrato sobre relação sexual se estende para que o que acontece em outras áreas do relacionamento. Se ele não te respeita nesta área, é bem provável que ele vai te desrespeitar e ser abusivo com você em outras áreas da relação.

Uma relação saudável envolve a presença da voz ativa dos dois, liberdade para falar, sentem-se livres para falar de suas necessidades e desejos, tem sua vontade respeitada e levada em consideração e não há medo para recusas e exposição dos seus pontos de vistas. 

Se você que está lendo este texto, sente que está em uma relação em que estes elementos não estão presentes ou pouco desenvolvidos, sugiro que fique de antenas ligadas. É possível que você esteja em um relacionamento abusivo.

Bom, estamos ao final deste breve bato-papo. Espero que tenha ajudado e caso você conheça alguém que está passando por esta situação, compartilhe!;)

Até a próxima!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Por elas - Layout criado por WWW.GABILAYOUTS.COM.BR