As pessoas excessivamente responsáveis e os relacionamentos abusivos: uma química explosiva!

10 fevereiro, 2019

As pessoas excessivamente responsáveis e os relacionamentos abusivos: uma química explosiva!


Olá, meus queridos leitores! Tudo bem? Hoje estou aqui mais uma vez para nossa conversa de sempre sobre os relacionamentos abusivos. Ao longo dos textos anteriores, apontei os comportamentos das pessoas abusivas, as sutilezas, o porquê da punição e muito mais. Por isso, chegou o momento de abordar o perfil das mulheres e homens que adentram e permanecem em um relacionamento abusivo.

Bom, antes de mais nada, é bom lembrar que para a engrenagem de uma relação abusiva funcionar, é necessário que alguém assuma a responsabilidade das coisas “supostamente erradas” da relação. Afinal, as pessoas abusivas costumam não assumir a responsabilidade pelos seus feitos e assim, despejam toda a responsabilidade no outro. E, para isso, nada melhor que uma parceira ou um parceiro excessivamente responsável.

Assim, os abusadores ou abusadoras costumam se sentir atraídas por pessoas com este tipo de perfil. Afinal, a pessoa abusada costuma assumir toda culpa e responsabilidade por qualquer coisa. E não será necessário muito esforço por parte da pessoa abusiva para que ele (ela) construa seus abusos nesta relação, visto que você aceita a responsabilidade por qualquer coisa e isso reforça o poder da pessoa abusiva.

Isto ficará bem claro na maneira como o diálogo entre vocês é desenvolvido, nos cuidados e na atenção com os afazeres cotidianos e em qualquer situação que exija esforço por parte do casal. Assim, não será incomum que a pessoa abusada tenha a sensação de estar levando o relacionamento nas costas, que é sua exclusiva responsabilidade pelo funcionamento adequado do dia-a-dia de vocês e as disfuncionalidades e imprevistos cotidianos do casal também recaem sob sua incumbência.



E, caso ele (ela) te critica, mais você se esforçará a imagem. Mas nada irá satisfazê-lo (la). Chegará um momento que você se sentirá exausta (o) por carregar todas as responsabilidades pois, ninguém vai aliviar sua carga e você sempre terá a sensação de é sua responsabilidade pelo andamento adequado de todo o universo de coisas e situações que permeiam a relação.

Além da própria carga que você carrega, o sentimento de culpa também contribuirá para seu desgaste. Isto por que a pessoa abusiva sabe como você é excessivamente responsável e deste modo, quanto mais ele atribuiu responsabilidade das coisas a você, mais você vai sentir culpada e esta culpa te leva a cada vez mais abraçar fatos, situações e outras coisas que não são de sua incumbência. Neste jogo, a pessoa se isenta da responsabilidade por qualquer coisa, além de saber manipular coisas antigas que te trazem culpa para tirar o foco dele (ela) e do problema real.





E como irei identificar se sou assim em um relacionamento? Bom, para isso, trago uma série de perguntas extraídas do livro Relações Destrutivas de Averyl Neal:

·     Os deveres ou responsabilidades são divididos igualmente, ou você assume a maior parte do trabalho?

·         Você trabalha e, assim, ele não precisa de um emprego?

·         Ele gasta excessivamente com coisas que quer, ao passo que você economiza o máximo possível para o futuro da sua família?

·         Você fica se desculpando, mesmo quando acha que não fez nada errado?

·         Fica compulsivamente se perguntando se alguém está bravo com você e acaba concluindo que teve a culpa seja lá do que for?

·         Você se sente culpada facilmente e com frequência?

·         Você acha que não merece ter experiências ou coisas agradáveis ou que coisas boas lhe aconteçam?

·         Você se sente desconfortável ao receber elogios, atenção, presentes, etc.?

Se você respondeu sim a maior parte das perguntas, então, não se sinta culpada por isso também. Caso perceba que você não consegue lidar com isso sozinha, procure ajuda profissional. E se você, leitor, conhece alguém que esteja vivenciando isto, compartilhe! ;)

Até a próxima!


Psicóloga CRP-19/2460, Psicodramatista e Mestre em Psicologia (UFS)
Karine David Andrade Santos
Psicóloga CRP-19/2460, Psicodramatista, Mestre e Doutoranda em Psicologia (UFS)
Celular:  79 999192385
email:  psimulti@gmail.com
site:  www.eporelas.com.br
endereço:  Praça Tobias Barreto 510 Centro Médico Odontológico Sala 1210

Nenhum comentário

Postar um comentário

Por elas - Layout criado por WWW.GABILAYOUTS.COM.BR